CSD realiza vacinação contra gripe

19/04/22

Além da imunização contra a Influenza, o laboratório oferece diversas outras vacinas       

De acordo com dados deste mês do SIVEP-Gripe (Sistema de Informação de Vigilância Epidemiológica), gerido pelo Ministério da Saúde, a cepa Darwin do vírus influenza H3N2 foi responsável por tirar a vida de 1.719 brasileiros no primeiro bimestre de 2022. 

Especialistas da área da saúde alertam que a chegada do outono e a extinção do uso de máscaras podem catalisar a propagação do vírus influenza H3N2, gerando um novo surto da doença, e ressaltam que a vacina é a melhor maneira de prevenção. 

A rede privada oferece imunizante contra a gripe com ampla proteção. A dose previne contra uma gama maior de sorotipos de vírus, sendo eles H1N1, H2N3 (Darwin), Victoria e Yamagata –  diferente da cobertura vacinal pública disponibilizada no estado do Pará que protege apenas contra três vírus.

Na unidade Matriz do laboratório CSD, em Belém, é possível encontrar a vacina da gripe quadrivalente, que inclui a cepa de maior circulação do último ano, e também a vacina da Pneumo 13, cuja taxa de proteção ultrapassa os 90% dos casos graves de pneumonia. O CSD dispõe também de outros imunizantes para pacientes de todas as faixas etárias, com agendamento on-line ou por telefone, e aplicação domiciliar ou no laboratório. 

 Vacinação infantil  

Entre as crianças, a vacinação é ainda mais importante, pois impede o desenvolvimento de doenças graves que podem causar hospitalização ou deixar sequelas. 

“As vacinas são o método mais eficaz para a prevenção de doenças em pessoas de todas as idades. É importante lembrar que a vacina contra a gripe pode ser aplicada em crianças a partir dos 6 meses de vida, o que garante proteção em uma fase em que as crianças, principalmente aquelas que vão para a escola, têm mais contato com terceiros e estão mais expostas a diversos vírus e bactérias”, destacou Dr. Eduardo Nassar, Diretor Médico da CSD.

Outras moléstias evitadas pela vacinação são aquelas relacionadas aos intestinos de bebês, evitada pela imunização contra Rotavírus. O laboratório CSD oferece o imunizante pentavalente, ou seja, protege bebês contra cinco sorotipos diferentes de vírus que causam diarreia e vômito. No SUS, a vacina disponível é monovalente. 

 Adultos  

A carteira de vacinação deve ser mantida em dia ao longo de toda a vida, seja para proteger contra doenças que aparecem ao longo da idade ou para reforçar a imunização. A herpes zoster, por exemplo, é uma infecção bastante comum em adultos a partir dos 60 anos. Causada pelo mesmo vírus que provoca catapora, a doença gera fortes dores e pode ser evitada com a vacinação.   

“Sabemos que a saúde é o bem mais precioso das pessoas e merece ser cuidada por profissionais dedicados. Nossa equipe está à disposição para tirar as dúvidas da população sobre os imunizantes disponíveis em nossa unidade.”, conclui Dr. Nassar

CSD Matriz 
Rua dos Mundurucus, 2411 – Cremação, Belém 

Telefone: (91) 4008-8500

Outras notícias relacionadas